Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 18 de Janeiro de 2020. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 
25/04/2013

Grupo Paritário

Cremers, Simers e Amrigs pressionam para que IPE retome negociação


Integrantes da Comissão Estadual de Honorários Médicos do RS, formada por Cremers, Simers e Amrigs, deram entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (25) dentro da programação do Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde.
As entidades médicas do Estado manifestaram insatisfação com a remuneração praticada pela grande maioria dos planos de saúde, que repassam reajustes “pífios, enquanto o faturamento das empresas mais que dobrou nos últimos dez anos”.

Durante a coletiva, realizada no Conselho de Medicina, os representantes do Cremers (Isaias Levy), Simers (Jorge Eltz) e Amrigs (Alfredo Cantalice) destacaram principalmente os baixos valores pagos pelo IPE-Saúde, considerado o plano que pior remunera os médicos no Estado.

- Nós queremos que o IPE retorne à mesa de negociação e cumpra acordo firmado em 2011, que estabelece a implantação da CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos). O IPE não está valorizando o trabalho médico, fixando a consulta em R$ 47,00, o menor entre todos os planos de saúde do Estado. Além disso, remunera mal os procedimentos -, afirma Levy, lembrando que o IPE é o segundo maior plano de saúde do RS, tendo um milhão de beneficiários e 7,2 mil médicos.
A CEHM/RS é responsável pela negociação com os planos de saúde no Estado, realizando reuniões semanais para discutir as reivindicações médicas. Nas últimas semanas, as empresas privadas têm negociado com a comissão, manifestando interesse em valorizar o trabalho médico. As principais reivindicações dos médicos: adoção da CBHPM vigente (2012) como parâmetro de remuneração, indicação de uma data base anual para reajustes de honorários com índice de correção pré-determinado, melhoria na relação entre operadoras e prestadores evitando entraves burocráticos na liberação de procedimentos e reformulação dos métodos de auditoria.

Em recente pesquisa feita pela comissão, 72,7% dos médicos apontaram a baixa remuneração, a não adoção da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) vigente e a burocratização informatizada como sendo as grandes dificuldades no atendimento aos pacientes de convênios.

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2020 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3300-5400 e 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 09h00min às 18h00min