Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 19 de Outubro de 2017. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 

A saúde sangra nas páginas dos jornais

Autor: Dr. Rogério Wolf de Aguiar
Cargo: Presidente do Cremers

As manchetes dos jornais do Estado escancaram diariamente as mazelas da saúde. Cada um dos 497 municípios gaúchos tem um drama a relatar, conforme verifico diariamente ao abrir o conteúdo de notícias colocado sobre minha mesa por nossa assessoria de imprensa.
 
Não há um dia sequer sem informações que ratificam o quanto é grave a situação de tudo que envolve a saúde. Os exemplos são muitos e se repetem, só mudando as cidades, que rodam sem parar no noticiário como um carrossel sinistro. Nos últimos dias recolhi dezenas de notícias sobre a crise na saúde, entre as quais as seguintes: "Filas de espera para cirurgias em Bento Gonçalves", "Déficit dos hospitais atinge R$ 144 milhões", "Hospital de Júlio de Castilhos paralisa por atraso salarial", "Crise nos hospitais e UPAs de Canoas", "Corte de R$ 136 milhões no SUS de Porto Alegre", e "Paralisação no hospital de Palmeiras das Missões".
 
O quadro é alarmante, e tende a agravar-se com a redução dos recursos para custeio do setor, a começar pelas verbas federais, que nunca foram no volume necessário e que hoje estão ainda mais restritas em função da crise econômica. A consequência é o efeito dominó, até chegar lá na ponta, onde estão as peças finais: os médicos e os pacientes, mergulhados no olho do furacão.
 
Se hoje as pessoas receiam sair à rua, especialmente à noite, devido à violência crescente e disseminada, que não poupa sequer as unidades de saúde, não é de duvidar que o cidadão passe a ter ainda mais medo de ficar doente, diante da perspectiva cruel de não receber o atendimento justo e adequado.
 
Não é à toa que o brasileiro considera a saúde sua maior preocupação, segundo pesquisa recente que, na verdade, apenas reafirmou levantamentos feitos em outros anos. A agonia dos serviços de saúde já faz tempo ocupa páginas e páginas de jornais, noticiários de TV e de rádio, e também nas redes sociais.
 
É uma crise que já se tornou crônica. As autoridades precisam tomar medidas imediatas, começando por mais investimentos. Caso contrário, a saúde corre o risco de ser como aquele paciente que espera anos por uma cirurgia pelo SUS. Quando o telefone tocar poderá ser tarde demais.

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Inscrição Médicos Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código de Ética Médica Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2017 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 08h40min às 18h00min