Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Porto Alegre, 18 de Dezembro de 2017. Aumenta a Fonte [ A + ]   [ A - ]  
 

 Esta passagem de ano foi marcada por três acontecimentos que ocuparam as atenções da imprensa e nos transmitiram sentimentos de decepção, insegurança e equivocada generalização.

 

 Em resposta a todos que de uma forma ou de outra destrataram os médicos brasileiros éticos e com situação profissional completamente legalizada, decidimos lançar uma campanha publicitária que até pode ser considerada um desagravo, mas que tem como único objetivo exaltar e reforçar a figura desse profissional que dedica sua vida a cuidar de outras vidas.

 Os médicos brasileiros passaram o Natal de 2013 ainda sob os efeitos do programa Mais Médicos e da Lei do Ato Médico, sancionada pela presidente da República após vetar a principal reivindicação da categoria: o artigo estabelecendo que “é privativo do médico o diagnóstico e o tratamento de doenças”.

 

 Neste país, qualquer acontecimento em torno de futebol repercute ruidosamente na opinião pública e na mídia.Recentes fatos ocorridos em nosso meio reacenderam debates e reações acaloradas sobre racismo que extrapolaram a área futebolística e colocaram em xeque a alegada e aparente tolerância racial brasileira.

 

 Se metade das promessas feitas em campanhas eleitorais fosse cumprida, a saúde pública no Brasil seria mesmo de excelência, para usar o termo ufanista e irresponsável empregado pelo ex-presidente Lula em 2006. Na eleição que teve seu primeiro turno encerrado há poucos dias, mais uma vez a saúde esteve no foco central da maioria dos candidatos.

O fato é que a saúde da campanha eleitoral é muito diferente daquela que o cidadão comum – não aquele que pode recorrer a hospitais particula...

 Se metade das promessas feitas em campanhas eleitorais fosse cumprida, a saúde pública no Brasil seria mesmo de excelência, para usar um termo empregado ufanista e demagogicamente pelo ex-presidente Luiz Inácio numa de suas visitas ao Rio Grande do Sul tempos atrás.

 

O governo, ao buscar atalhos para disfarçar tudo aquilo que deixa de fazer na saúde, cria ações revestidas de políticas públicas para iludir os brasileiros. Esses caminhos reavivam na lembrança manifestações como: “criaremos tantas escolas de medicina que, em breve, os médicos virão de joelhos pedir emprego”, ou “os médicos, igualmente brancos, serão abundantes e baratos como o sal”. Essas frases marcaram o país e serviram como uma forma de explorar condiçõ...

Afirmações feitas em artigo recentemente publicado na Zero Hora exigem resposta para esclarecimento da sociedade. Os ataques ferem a honra de 400 mil médicos brasileiros, atribuindo-lhes um comportamento que não dialoga com os compromissos hipocráticos assumidos e que nem de longe são verdadeiros.

 

 Há um ano, os médicos brasileiros foram surpreendidos por um pronunciamento em rede nacional de TV feito pela presidente da República, que, acuada por ruidosas manifestações populares que sacudiam o País clamando principalmente por mais saúde, anunciou a importação de milhares de médicos cubanos para supostamente resolver o problema de atendimento à população. 

 

 A defesa do exercício da profissão de forma ética e da oferta de assistência com qualidade para a população constitui o âmago das atividades do sistema formado pelos Conselhos Federal e Regionais (CFM e CRMs). Com este objetivo, essas instituições têm se desdobrado para apontar os equívocos nas áreas da saúde no Brasil.

 


 Primeira Página   [1]  [2]   [3]   [4]   [5]   Última Página

Institucional Câmaras Técnicas Comissões de Ética Conheça o CREMERS Contas Públicas Delegacias Diretoria Palavra do Presidente Vídeo Institucional História Cremers

Serviços Área do Médico Busca Empresas Busca Médicos Ativos CBHPM Concurso Emissão de Boleto Empregos Eventos Inscrição de Empresas Inscrição Médicos Licitações Pareceres e Resoluções Perguntas Freqüentes Pessoa Jurídica Propaganda Médica Registro de Especialidade Médica

 

 

Imprensa Artigos Assessoria Informativo Cremers Notícias Twitter

Publicações Apresentações para Download Biblioteca Código de Ética Médica Código PEP Regimento Interno dos Corpos Clínicos

 

Contato Fale com o CREMERS Fale com o Presidente Ouvidoria

 

 

 

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul - Copyright 2017 ©
Av. Princesa Isabel, 921 - Bairro Santana
Porto Alegre - RS - CEP: 90620-001
Telefone: (51) 3219-7544
Fax: (51) 3217-1968
E-mail: cremers@cremers.org.br
Horário de Atendimento:
De segunda-feira a sexta-feira
Das 08h40min às 18h00min